domingo, 6 de agosto de 2017

O Quase

Tão ou mais libertários do que o gozo são os segundos que o antecedem, em que perdemos nossa tão vã ilusão de controle.
 
Gugu Keller

6 comentários:

  1. A efemeridade do controle!
    Geniais suas sacadas com tão poucas palavras!

    Beijos! =)

    OBS: Sinto-me honrada pela presença de teus versos em meu espaço!

    ResponderExcluir
  2. A ilusão de se manter mais, quando o corpo quer o ápice.
    Simplesmente incrível.

    Beijinhos...

    ResponderExcluir